O nome de Zélio Fernandino de Moraes está absolutamente vinculado à história da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade e da Umbanda. Sua história, desde a doença da qual foi acometido com 17 anos e a Sessão na Federação Espírita do Rio de Janeiro em 15 de novembro de 1908 na qual se deu a primeira manifestação do Caboclo das Sete Encruzilhadas até a fundação em sua residência, no dia seguinte, da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade são feitos registrados em quase toda literaturaque trata da Umbanda, sobretudo em seus primórdios.

 

Também encontramos registros de sua breve atividade como político na Câmara de Vereadores de São Gonçalo, com a atuação focada na oferta de escolas públicas gratuitas, de sua atividade como farmacêutico, do preparo - ainda jovem para o curso da Escola Naval.

 

No aspecto da atividade religiosa, é frequente a fala sobre sua atividade na fundação e direção da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade e das Tendas de Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Guia, Santa Bárbara, São Pedro, São Jorge, São Jerônimo e Oxalá, assim como seu papel marcante na fundação da Federação Espiritista de Umbanda, atual União Espiritista de Umbanda do Brasil, trabalhando para a implantação e aceitação dos trabalhos dos Caboclos e Pretos Velhos no ambiente social do início do século XX.

 

De fato são grandes seus feitos e sua história. Contudo, conforme ele próprio dizia a partir dos ensinamentos trazidos pelo Chefe - o Caboclo das Sete Encruzilhadas, tais registros não constituem o que de fato tem importância em sua passagem pela Terra. Mais do que o culto à sua personalidade, frequentemente lembrada com distinções, medalhas e honrarias até hoje, Zélio pedia que lembrássemos que a Umbanda é a manifestação do espírito para a caridade e que a humildade é a forma mais sublime da prática do Evangelho do Cristo e, portanto, para praticar ao amor ao próximo. Este pensamento é, em si, o que melhor o descreve.

 

 

Zélio de Moraes e sua esposa, Maria Isabel.

Reunião dos dirigentes das Tendas fundadas pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, presidida por Zélio de Moraes na TENSP.

Zélio de Moraes, já com idade avançada mas presente no Terreiro. Observe-se, em seu peito, a Guia do Chefe - o Caboclo das Sete Encruzilhadas.

ZÉLIO FERNANDINO DE MORAES

Ponto do Caboclo das Sete Encruzilhadas

Entre em contato:
tenda.nsp@gmail.com

Encontre-nos:
Rua José Ribamar Pereira Ramos, 271
Cachoeiras de Macacu – RJ

22°25'02.5"S 42°37'15.6"W

Siga-nos.